Vendas
+351 962 760 016
Serviço cliente
+351 252 021 190

Categoria: Noticias

INFORMAÇÃO LEGAL

INFORMAÇÃO LEGAL

RELATIVA À ATIVIDADE DE INTERMEDIAÇÃO DE CRÉDITO

(Decreto-Lei n.º81-C/2017,de 7 de Julho)

 

As sociedades que a seguir se identificam são intermediárias de crédito a título acessório1.

Paulo Serrão Ribeiro – Comercio de Automóveis Unipessoal Lda.,com sede na Rua Camilo loja 20, 4490-485 Póvoa de Varzim, matriculada na Conservatória do Registo Comercial com número único de matrícula e de pessoa coletiva 513687181;

No âmbito daquela atividade são prestados os seguintes serviços: (i) apresentação ou proposta de contratos de crédito a consumidores; e/ou (ii) assistência a consumidores e/ou (iii) emissão de contratos de crédito.

Nos termos do artigo 46º do Decreto-Lei n.º 81-C/2017, de 7 de Julho, a referida sociedade, no exercício da atividade de intermediação de crédito a título acessório não está autorizada a receber ou a entregar quaisquer valores relacionados com a formação, a execução e o cumprimento antecipado dos contratos de crédito, nos termos do artigo 46º do Decreto-Lei n.º 81-C2017,de 7 de Julho.

(iii) A entidade que garante a responsabilidade civil pela atividade de intermediário de crédito é a Liberty Mutual Insurance Europe Limited , entidade com a qual foi respetivamente celebrado o contrato de seguro n.º PI-35860418J0, válido até 01-05-2019.

A atividade de intermediação de crédito está sujeita à supervisão do Banco de Portugal a quem poderão ser, pelo consumidor, apresentadas reclamações em https://clientebancario.bportugal.pt/formulario-pedido-informaçao.

Para apresentar uma reclamação, poderá fazê-lo diretamente no livro de reclamações do intermediário de crédito ou através do email  morsautos@gmail.com.

 

1 Nos termos do Decreto-Lei n.º 81-C/2017, de 7 de Julho, o exercício de atividade de intermediação de crédito está dependente de autorização e registo junto do Banco de Portugal. Não obstante, o artigo 3º daquele diploma estabelece um regime transitório aplicável às entidades que à data de entrada em vigor do mesmo já exerciam aquela atividade em Portugal. Assim, os elementos de informação relativos ao número de registos no Banco de Portugal estão dependentes da conclusão do registo de atividade junto Banco de Portugal.

 

Estas são as marcas automóveis mais googladas no mundo…

77f859f0-debd-11e8-9ff9-9735973d44ba-222222

Foi revelado pela seguradora Veygo uma lista com as marcas automóveis mais googladas no mundo e também com as marcas automóveis mais pesquisadas, no Google, em cada país . Destaque para a Toyota, que lidera os dois rankings, sendo a preferida em 57 países, com um total mensal de 7,82 milhões de pesquisas.

Entre as marcas automóveis mais procuradas em cada país temos o segundo lugar na posse da BMW (25) e o terceiro para a Mercedes (23), sendo o emblema da estrela o que mais pesquisas despoleta em solo nacional. Mas, na lista de marcas automóveis mais googladas no mundo, temos a vice-liderança na posse da Honda, enquanto a Ford ocupa o terceiro posto. Além destes valores, merecem ainda referência algumas curiosidades, como o facto da Hyundai liderar na Rússia e a Tesla ser a mais procurada pelos chineses.

 

Fonte: Turbo

Toyota é a marca mais vendida em 49 países

topsellers

 

De acordo com a infografia da Regtransfers, que mostra os lideres por país, a Volkswagen lidera as vendas em apenas 14 mercados.

Em 2016, a Toyota foi ultrapassada pelo grupo VW nas vendas globais, mas, segundo a infografia publicada pela Regtransfers, a Toyota lidera as vendas em 49 países mundiais. O grupo japonês destaca-se da concorrência impondo-se em mercados importantes como a América Latina, Ásia e África, mas também em países como a Austrália, Emirados Árabes Unidos e Angola, por exemplo. Já a Volkswagen consegue apenas destacar-se nas vendas em apenas 14 países, a maioria deles na Europa (incluindo a Suíça, Bélgica, Holanda, Suécia e Alemanha). Em terceiro lugar neste top está a Ford que lidera em oito territórios, com destaque para os EUA, Canadá e Reino Unido. Em Portugal, a marca que lidera é a Renault.

Fonte: Autohoje

Marcas que mais automóveis vendem em Portugal.

autos-214033_1920-925x578

Findo o primeiro semestre do ano, é tempo de balanço no setor automóvel. De acordo com os mais recentes dados da ACAP, o mercado nacional de veículos ligeiros de passageiros cresceu 7,2% face a igual período de 2016, registando vendas de 127.199 unidades.

De 1 a 20, conheça as marcas que mais portugueses cativaram durante os seis primeiros meses de 2017.

  1. Renault
  2. Peugeot
  3. Volkswagen
  4. Mercedes-Benz
  5. BMW
  6. Fiat
  7. Opel
  8. Nissan
  9. Citroen
  10. Ford
  11. Seat
  12. Audi
  13. Toyota
  14. Dacia
  15. KIA
  16. Volvo
  17. Hyundai
  18. Smart
  19. Madza
  20. Mini

 

 

Fonte: Jornal Económico.

VW reafirma que reparações não causam danos nos motores EA189

emissoes
Numa altura em que o Grupo Volkswagen indicou que até ao momento alterou 1,23 milhões (do total de 8,5 milhões na Europa) afetados pelo escândalo de emissões, as reparações foram colocadas em causa, apontando informações que indicavam que algums componentes do motor poderiam estar sujeitos a maior pressão. A origem desta informação foi um membro da Comissão Europeia, que recorria a investigações efetuadas pelo Laboratorio Vela, no Norte de Itália. Mas esta hipótese foi já refutada pelo grupo automóvel germânico.
Uma responsável de comunicação da VW veio já tranquilizar os clientes das marcas afetadas, negando que possam existir questões relacionadas com a manutenção da performance e durabilidade dos propulsores. “As alterações de software não vão ter efeitos nos consumos ou durabilidade dos motores e seus componentes”, foi referido numa declaração. A marca aproveitou esta ocasião para fazer também um ponto de situação ao recall das viaturas com o motor EA189, afirmando que nas últimas semanas duplicou o total de 500000 motores reparados, no que se refere aos 1,2L e 2,0L. O Grupo VW indicou ainda que já obteve junto da KBA autorização para reparar 5,6 milhões de automóveis, e que se no caso dos dois motores referidos anteriormente bastará uma atualização de software, para os blocos de 1,6L vai ser preciso integrar um componente adicional junto do filtro de ar.
Scroll to top